Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 20 de Novembro de 2017

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Música

Arroio-meense homenageia o município com música

, 9 de janeiro de 2015 às 8h38

A paixão pela cidade natal fez com que o arroio-meense Carlos Alberto Bergamaschi (Calete), 54 anos, escrevesse uma música sobre o município. Das nove músicas de seu primeiro CD (que segue em fase de produção), intitulado Cavalo de Troia – em referência a uma música de cunho político inclusa no álbum – uma delas se destaca: Arroio do Meio.

Filho de Edilar Edílio Bergamaschi e Inês Meneghini Bergamaschi e irmão de Ieda Ana Bergamaschi (já falecida) e de Itamar Luíz Bergamaschi, Carlos saiu de Arroio do Meio em 1974, quando o pai foi em busca de melhores condições socioeconômicas. “Na época nos mudamos para Osório onde estabelecemos um comércio. Porém, abriu-se uma ferida em meu peito, que acredito que jamais irá cicatrizar. E são estes pensamentos, sentimentos e devaneios latentes que procuro verbalizar em meus escritos”.

Além de escrever, Carlos também arranhava um violão e com o tempo se comprou uma guitarra que mais tarde foi “furtada” pelo filho Arthur, que hoje tem uma banda. “Ousei então em colocar melodia em meus versos. Friso que tudo é feito de forma artesanal. Com pouco tempo e recursos e como diria Lulu Santos: ‘É uma ideia que existe na cabeça e não tem a menor pretensão de acontecer’. É feito por prazer e hobby, sem almejar retorno financeiro”, explica.

Assim, foi ao estúdio gravar as músicas, entre elas, a música em homenagem ao município. “Com o auxílio de meu amigo Nico, criei coragem e resolvi jogar a música na rede. Confesso que fiquei totalmente a mercê do feedback de meus irmãos arroio-meenses. Graças a bondade e o altruísmo de meus conterrâneos, tenho recebido mensagens de aprovação. Só Deus imagina o quanto isto me traz paz e satisfação”.

Além da música, a paixão pela cidade natal está exposta na parede de sua casa com a fotografia da formação original do time de futebol chamado Mini-Craques, composto por Calete, Nico, Lúcio, Edo e Tedila. Atualmente Carlos é casado e tem dois filhos, os gêmeos Arthur e Lucas. Trabalha como bancário na Caixa Econômica Federal de Sombrio, em Santa Catarina.

Entre as nove músicas do CD (que segue em fase de produção) do arroio-meense Carlos Bergamaschi está a música Arroio do Meio. Confira na íntegra a letra da canção:

Arroio do Meio

Arroio és meio

Arroio do Meio

Me leva de volta para as minhas paixões

Arroio és meio,

Arroio do Meio

A Ponte de Ferro do meu rio Taquari

Mini-craques, guris!

Arroio do Meio, és início e o meio, és o fim dos meus fins

Tens um arroio no meio

Tens a maior parte do meu coração

Tens a inocência da minha juventude

Que consola minha solidão

 

Me perdoes Arroio se às vezes esqueço de ti

Mas não me abandones, saudades do teu guri

 

Te amo inteiro

Nem sei porquê parti

És alegria e tristeza, quando lembro de ti

São Miguel, meus amigos, que eu jamais esqueci

Não tem outro meio, fora às lembranças de ficar junto a ti

Por daiane