Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 16 de Julho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Polícia

Operação de Corpus Christi se estende até domingo

, 21 de junho de 2014 às 9h30

A Operação Viagem Segura de Corpus Christi deste ano, que coincide com o período de Copa do Mundo, iniciou à zero hora de quarta-feira. A intensiva na fiscalização se estenderá até domingo, dia 22, à meia-noite. Essa é a 30ª edição da operação, que desde 15 de novembro de 2011 atua nos feriados para prevenir acidentes nas estradas e vias municipais gaúchas.

Em 2013 foram 32 mortes

Considerando os anos de 2007 a 2013, o feriado de Corpus Christi registrou uma média de 6,2 mortes por dia, pouco abaixo da média geral dos feriados – de 6,3 mortes por dia. No ano passado, foram 17 vítimas fatais no local do acidente em cinco dias de operação que resultou em uma média de 3,4 por dia. Considerando-se os 30 dias pós-acidente, o saldo trágico do feriado religioso do ano passado foi de 32 mortes, ou seja, 6,4 pessoas morreram por dia do feriado.

Cuidado ao dirigir à noite

A análise dos dados estatísticos demonstra que a maioria das mortes nos feriados de Corpus Christi de 2007 a 2013 aconteceram nos sábados e domingos, especialmente no turno da noite. Cerca de 58% das ocorrências fatais ocorreram nas rodovias. As estradas que concentraram o maior número de mortes foram a BR 116, BR 290, BR 386, RS 392 e RS 453.

Na BR 386

Conforme o Chefe do Núcleo de Operação e Fiscalização da 4º Delegacia da PRF com sede em Lajeado, Leandro Wachholz em virtude da Copa do Mundo o trânsito não terá grande aumento no fluxo. Porém o período de maior movimento foi na quarta-feira à tarde e ontem quinta-feira pela manhã. O trânsito tende a se intensificar também no domingo à tarde na volta do feriadão.

Ele chama atenção para os locais que merecem atenção por parte dos condutores. O primeiro deles é no trecho urbano de Estrela e Lajeado, nesse local costumam acontecer acidentes em virtude do número de veículos, que por ser uma área urbana existe um grande número de pedestres atravessando a rodovia. Outro ponto crítico é a serra de Pouso Novo onde acontecem acidentes com maior gravidade por ser um local de serra. “O fluxo deve aumentar de 20% a 30% não mais do que isso na BR 386”, disse Wachholz.

Sobre a Viagem Segura

A Operação Viagem Segura tem como principais parceiros a Brigada Militar e o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Detran/RS e Polícia Civil. Também colaboram órgãos de trânsito municipais (EPTC na Capital), Cetran/RS e Famurs.

As 29 edições anteriores da Viagem Segura contabilizam mais de 2,8 milhões de veículos fiscalizados e 61,4 mil testes de etilômetro. Foram registradas 402 mil infrações, sendo 8,6 mil autuações por embriaguez. A fiscalização também recolheu 37,3 mil veículos e 11.179 CNHs.

Os órgãos de fiscalização contam com a ajuda da comunidade para alertá-los sobre condutas perigosas nas estradas. O contato pode ser feito pelos telefones de emergência da PRF (191), nas estradas federais, e do Comando Rodoviário da BM (198), nas estradas estaduais.

Por daiane