Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 20 de Novembro de 2017

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Cultura

Arroio-meense se destaca em concurso de leitura alemã

, 23 de maio de 2014 às 6h00

Ein tieger vil lesen. Este é o título do texto que fez Lucas Ismael Mörs conquistar uma vaga para a fase estadual do Concurso em Leitura Alemã Vorlesewettbewerb que realiza sua etapa final hoje, em Ivoti.

Aos 14 anos, o aluno do 9º ano da Escola Municipal Arlindo Back, de Forqueta, participou no dia 16 de maio da etapa regional do concurso realizado em Colinas. A disputa contou com 45 candidatos, sendo que se classificaram sete do Vale do Taquari para a etapa estadual. Lucas garantiu a vaga na categoria Dialeto Westfälich.

A participação nesta etapa veio a convite da professora de língua Alemã que perguntou se ele gostaria de participar do concurso. “A vaga estava entre mim e mais uma colega. Concorríamos um contra o outro com a leitura de textos. Acabei sendo escolhido pela professora e os treinos passaram a ser semanais na escola e em casa duas semanas antes da fase regional.”

No dia da apresentação, disse que a maior dificuldade foi controlar o nervosismo na hora da leitura. “Estava bem preparado, mas tinha concorrentes mais fortes disputando comigo.” Já para o desafio desta sexta-feira, garante estar bem confiante para conquistar uma boa colocação.

Morador de Forqueta Baixa, Lucas fala alemão desde pequeno por influência dos pais. O aperfeiçoamento da língua ocorre em casa com a leitura de livros em alemão. Ele sabe que a fase desta sexta-feira exigirá mais esforço. Diferente da regional, os candidatos recebem os textos meia hora antes da apresentação, exigindo mais dos alunos.

Para a professora de Língua Alemã, Janete Hachtel Tatsch, a vaga garantida por Lucas é uma conquista. “Não é nada fácil participar deste tipo de concurso, em virtude dos textos possuírem um grau de dificuldade, pois são recebidos no alemão gramatical e precisam ser traduzidos para o dialeto.” Este é o segundo ano consecutivo que a escola conquista o 1º lugar na categoria Dialeto.

Ela destaca que o dialeto já é falado em sala de aula, mas muito do que se sabe da língua vem de casa. “A expressão precisa vir de casa, pois são dois dialetos bem diferentes”. Além de manter a cultura viva, Janete alerta que no mundo atual, o conhecimento de uma língua a mais faz uma grande diferença, tanto no trabalho como nos estudos, em caso de intercâmbio.

O Concurso em Leitura Alemã Vorlesewettbewerb é promovido pela Coordenação de Língua Alemã no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, e objetiva a integração de alunos, professores e escolas, bem como o incentivo dos estudantes ao estudo da língua.

Por daiane