Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Agosto de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Edital de reforma deve ser lançado na próxima semana

, 16 de fevereiro de 2014 às 10h00

Arroio do Meio – Está em fase de conclusão o edital de licitação para a reforma da capela mortuária de Bela Vista. Alvo de diversas críticas de familiares lá velados, a estrutura deve receber as obras a partir de abril.

A afirmação é do prefeito Sidnei Eckert. Cerca de R$ 400 mil estão reservados para os trabalhos no orçamento deste ano. “Pode ser que dê um pouco menos ou um pouco mais, pois se trata ainda de uma proposta inicial.”

A estimativa é concluí-la neste ano. Eckert espera concluir a obra antes de novembro, quando a cidade completa 80 anos de emancipação.

Conforme o prefeito, a capela mortuária de Bela Vista deve ser praticamente dobrada em tamanho, com espaços maiores para melhor acomodar os familiares. Eckert ressalta, entretanto, que os acessórios como climatizadores, bancos e entre outros deverão ser providenciados pelas comunidades religiosas.

Elas serão as responsáveis pela manutenção da estrutura. Para o prefeito, esta parceria é importante para um melhor aproveitamento do local. As comunidades também ditarão as normas de uso das capelas mortuárias. Um grupo para discutir as regras deve ser chamado para elaborar o documento.

Trinta anos de estrutura

A reivindicação por melhorias de espaço não é de hoje. Inaugurada em 1984, quando Arroio do Meio completou 50 anos de emancipação, a estrutura recebeu diversos pedidos de melhorias. As solicitações se intensificaram por volta de 2005.

Em 2010, foi elaborado um projeto para a melhora do local. O prefeito lembra que houve a solicitação de fazer algo maior e os planos iniciais foram alterados.

No dia 24 de janeiro, o AT publicou uma reclamação de uma moradora sobre as condições da capela mortuária. A estrutura ainda é mantida pela prefeitura. O secretário de Planejamento, Henrique Meneghini, revelou um pouco sobre como será o local.

Os R$ 400 mil devem cobrir as capelas, a reforma da fachada e a criação de um espaço para deficientes físicos, além de outras melhorias.

Por daiane