Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 05 de Junho de 2020

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Social

Arroio do Meio tem a sua Miss 2014

, 13 de setembro de 2013 às 6h00

O Miss Rio Grande do Sul é um dos concursos mais tradicionais do Estado. O principal objetivo é eleger a melhor candidata entre as várias cidades para representar o Estado no concurso nacional. Uma das candidatas na disputa do título estadual é a arroio-meense Júlia Sebastiany Alves, 19, que foi selecionada para representar o município na final do Miss Rio Grande do Sul, que ocorre dia 30 de novembro, em Passo Fundo.

AT – Porque resolveu participar do concurso?

Júlia Sebastiany Alves – O Miss Rio Grande do Sul é o concurso mais representativo do Estado e tem a franquia mais importante do mundo, o Miss Universo. Resolvi participar dele para abrir portas, para conhecer pessoas, lugares, para obter mais oportunidades na minha vida social e profissional. Sempre quis participar, recebi o convite e o aceitei.

AT – Quantas pessoas participarão?

Júlia – No geral, são aproximadamente duas mil pessoas envolvidas, incluindo profissionais como maquiadores, cabeleireiros, fotógrafos, missólogos, coordenadores municipais e estaduais, além das misses. Grande parte desse número na semifinal é de concorrentes que depois dessa etapa cai para 30.

AT – Como ficou sabendo do concurso?

Júlia – Assisto Miss Brasil e o Miss Universo desde pequena e foi a partir de 2007 que acompanhei mais assiduamente esse meio. Atualmente participo de grupos voltados ao “Mundo Miss” no Facebook e estou lá todos os dias. Ali acabei fazendo amizades e nós assistimos a vários concursos (de nível estadual, federal e mundial) e ficamos por dentro disso. Como o concurso é tradicional, já sabia que ele aconteceria, como acontece todo ano, desde 1954. As datas oficiais eu soube pelo meu coordenador, Paulo Moura.

AT – Como se sente sendo escolhida a representante da cidade?

Júlia – Sinto-me muito feliz e honrada em representar a cidade que nasci, cresci e vivo. Terei orgulho de representá-la nesse concurso tão importante.

AT – Quais são teus pontos positivos para essa disputa e quais os pontos que precisa melhorar?

Júlia – Sou uma pessoa extrovertida. Gosto de conversar, conhecer pessoas e fazer amizades. Sou disposta e busco sempre crescer em algum ponto e acredito que com a oportunidade que recebi eu cresceria de algum modo. Para melhorar, são muitas coisas: dicção, oratória, desenvoltura, passarela, corpo, desinibição.

AT – Pretende seguir a carreira de modelo?

Júlia – Talvez fosse uma consequência, pois está no mesmo ramo profissional, voltado pra beleza. Mas miss não é apenas isso. Não me vejo trabalhando com o foco voltado para modelar. Se eu obtivesse sucesso como miss, provavelmente trabalharia na área filantrópica e/ou política.

Por daiane