Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Abril de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Educação

Programa de combate às drogas forma 500 crianças

, 10 de junho de 2013 às 11h00

Arroio do Meio – Está programada para 15 de junho (sábado) às 9h30min, a primeira formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), realizado pela Brigada Militar. O evento ocorre no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Querência do Arroio do Meio. Cerca de 500 estudantes das 3ªs e 5ªs séries de todas as escolas – rede municipal, estadual e particular – receberão os certificados de participação do curso.

O programa é desenvolvido pela Brigada Militar do Estado há 15 anos e tem apoio do instituto Gerdau, que fornece o material didático. No município a atividade recebe o apoio da secretaria da Educação e instituições de ensino, e tem a parceria de empresas e entidades, como: BRF Foods, que disponibilizará medalhas aos participantes, Grafibel, que fará a im¬pressão dos convites e o Conselho Municipal dos Direitos das Crianças (Comdica), que confeccionará camisetas.

A comandante da 3ª Companhia da BM local, capitã Karine Pires Soares Brum, salienta a importância da presença dos familiares na solenidade. O Proerd tem quatro currículos e ocorre durante o ano letivo. O objetivo é instruir estudantes quanto à condutas de segurança pessoal e análises de risco. Conforme os alunos vão se reiterando ao programa, vai crescendo o grau de instrução.

As crianças das séries iniciais recebem o atendimento pelo terceiro ano. “Entre os ensinamentos estão, desde cuidados para atravessar a rua, à medidas a serem tomadas ao encontrar uma arma no chão”, aponta.

Os alunos do quinto ano são orientados sobre os males das drogas e os efeitos que elas causam no organismo. São instruídos quanto a valorização da autoestima e definição de amizades.

No sétimo ano, são esclarecidas que algumas decisões trarão consequências em suas próprias vidas. “Os jogos que integram o material didático instigam as crianças perceber que determinadas escolhas poderão prejudicar os outros”, revela.

Ainda existe a modalidade Proerd Pais, direcionada a capacitar os familiares para ajudar filhos a fazerem escolhas positivas em suas vidas, como ajudá-los no dia a dia a impor limites, identificando evidências de drogadição e violência.

Conforme a Capitã, as estatísticas já demonstram que estudantes participantes do programa tem incidência quase nula em problemas criminais, devido ao vínculo com o comportamento positivo. “Quem veste a camisa do Proerd tem o compromisso de ser um bom cidadão”, dimensiona. Ela ressalva que a proposta é uma medida de segurança que dá resultados em médio e longo prazo.

Em Arroio do Meio, cerca de mil estudantes participam do Proerd anualmente. A BM disponibiliza quatro policiais, incluindo a comandante para o desenvolvimento da atividade. A solenidade de formatura contará com a apresentação da banda da BM de Montenegro. Também está prevista para breve, a formatura de duas turmas do Proerd Pais.

Por daiane