Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 21 de Julho de 2019

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Social

Festicam: um espaço para novos talentos

, 15 de março de 2013 às 14h22

Neste domingo, dia 17, a Rua de Eventos será o palco para diversos talentos locais mostrarem suas habilidades musicais à comunidade arroio-meense. O 24º Festival da Canção Arroio-Meense (Festicam), organizado por Paulo Schnorr, o Tety, tem como principal objetivo valorizar os talentos do município e região.

O evento inicia pontualmente às 18h30min e contará com 14 apresentações individuais, incluindo artistas de Arroio do Meio, Capitão, Colinas e Nova Bréscia. Além destes, o público também poderá curtir o show da Banda Casablanca Show, de Taquari, que apresentará um amplo repertório, com músicas para todos os gostos. “Neste ano optei por convidar mais artistas de Arroio do Meio. Tenho 20 músicos convidados, dos quais, apenas seis são de fora”, ressalta Tety.

O Festicam que teve sua primeira edição realizada em 1985, já se transformou em um evento tradicional do município. Desde o primeiro festival, as apresentações se mantiveram entre 15 e 20, assim como o público que vem crescendo gradativamente a cada ano. Uma das principais características do evento é abrir espaço para novos talentos e sem premiação para os melhores. Tety acredita que se o festival fosse premiado, o mesmo iria terminar aos poucos, perdendo assim sua principal característica.

Schnorr ressalta que alguns olheiros sempre participam do Festicam para analisar os artistas que se apresentam, mostrando assim, se os mesmos têm condições de seguir na carreira artística. “Um exemplo é a cantora Betânia Bersch Delazeri que há muito tempo participa do evento e que decidiu buscar o seu espaço em nível nacional, indo participar do programa Ídolos, ficando entre os 15 finalistas”.

Além de abrir espaço para novos talentos, o evento serve ainda como uma oportunidade para os artistas perderem o medo de enfrentar o público. Após tantos festivais, Tety lembra de Leandro Diecow, Emerson dos Santos (Suco), Luis Eduardo Vedoi e Eduardo dos Santos (Duda) que tiveram passagem por várias bandas profissionais. Lembrou também de Xumby que possui carreira solo e banda própria, além do artista Vicente Müller, de Forqueta, que hoje integra a Orquestra Municipal de Travesseiro. O organizador cita ainda outros artistas como Dirson Kuhn, Alex Duarte e Odécio Petter entre tantos que subiram ao palco do Festicam e tiveram passagens por bandas da região.

Schnorr aproveita a oportunidade para agradecer aos professores de música, Ermilo Berté, Simone Buttini e Paulo Haas que tem entrado em contato com o organizador, auxiliando assim na escolha dos artistas. “Gostaria de lembrar ainda que vou iniciar o Festicam pontualmente às 18h30min. Portanto, cheguem cedo. Tenho certeza de que neste ano vamos agradar novamente o público. Vai ser mais um excelente Festicam”, finaliza Tety.

Por daiane