Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 07 de Julho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Política

Urnas recebem dados de candidatos

, 28 de setembro de 2012 às 10h10

Servidores do cartório eleitoral da 104ª Zona Eleitoral realizam carga – inclusão de dados dos candidatos, testes, identificação e colocação de lacres nas 99 urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições municipais de 2012.

O procedimento iniciou na manhã de ontem no fórum da Comarca em Arroio do Meio e deve ser concluído até a noite de hoje. O processo ainda engloba a preparação de 27 urnas reservas, o acondicionamento de cartões de memória reserva em envelopes e o lacre de 12 urnas de lona para votação em cédulas no caso de emergência. No total serão 138 disponíveis.

Às 13h de segunda-feira, 1º de outubro, ocorrerá novamente no fórum, inspeção e conferência visual dos dados contidos nas urnas eletrônicas. Havendo necessidade, será feita a geração de mídias e a carga daquelas que apresentarem problemas. Na véspera da eleição, 6 de outubro, as urnas serão ligadas e testadas no local da votação pelos presidentes de cada sessão. Havendo a necessidade, ocorrerá, no fórum e no mesmo dia, em dois horários, às 9h15min e 12h30min, a colocação de carga ou troca de urna. Todos os procedimentos podem ser acompanhados pelos eleitores.

De acordo com o chefe do cartório eleitoral Renato Oliveira de Azevedo, o software da urna habilita o funcionamento das mesmas somente a partir das 7h do dia 8, quando ocorre a impressão da zerésima, que comprava que ela está zerada. “A urna só poderá receber o voto a partir das 8h”. É a sétima eleição com urnas eletrônicas na comarca. O equipamento deste ano foi fabricado em 2010 e já conta com a tecnologia biométrica (reconhecimento da impressão digital), que ainda não será utilizada na região, somente em Porto Alegre e Canoas.

Ao todo serão 49 urnas em Arroio do Meio, 12 em Capitão, 10 em Coqueiro Baixo, 10 em Nova Bréscia, nove em Pouso Novo e nove em Travesseiro – divididas em 66 locais de votação. Mais de 500 pessoas, entre mesários, secretários, responsáveis pelo recebimento do material e transporte, estarão envolvidas nos trabalhos, assim como o juiz, o promotor e a junta eleitoral. No país o número passa de 1,4 milhões.

Segundo Azevedo, após o fechamento de cada sessão, às 17h, do dia 7, a memória de cada urna será encaminhada ao ponto de encontro do cartório situado em cada município. Após será conduzida por um representante ao computador central da comarca, que tem conexão com o Tribunal Superior Eleitoral. O resultado da votação deverá estar disponível às 19h15min. Também será fixado na porta de cada local de votação um ticket com o resultado de cada urna.

Conforme ele, apesar de ser possível contabilizar o resultado da votação majoritária antes do fim da contagem oficial extraoficialmente, a contagem à vereança é mais complexa.

Por daiane

Para garantir a segurança, estão sendo colocados oito lacres, assinados pelo juiz João Regert e o promotor Paulo Estevam Araujo, em cada equipamento eletrônico – cinco na urna e três no micro terminal do mesário