Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 21 de Outubro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Troca de experiências que gera resultados

, 1 de julho de 2012 às 6h00

A Parceiros Voluntários é uma Organização Não-Governamental (ONG) que tem a aderência de mais de 80 cidades no Rio Grande do Sul. Ela é o elo entre as pessoas que desejam disponibilizar sua vontade, tempo e conhecimento às entidades que necessitam de trabalho voluntário.

Em Arroio do Meio, a unidade da PV atende desde 2006 na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Arroio do Meio (Acisam). Atualmente o município possui um total de 12 entidades cadastradas. Uma delas é a Associação dos Menores de Arroio do Meio (Amam) que conta com o apoio do voluntário Vanderlei da Rosa.

O trabalho de Rosa na Amam iniciou há cerca de três meses. Ele relata que já havia visitado a instituição em virtude de doações. “Sempre que vinha aqui, me dava vontade de querer ajudar, fazer alguma coisa pela Amam e, acho muito importante o trabalho que é realizado aqui. A vontade foi crescendo até que um dia tomei coragem e vim aqui (Amam) falar com a diretora, para saber quais eram as necessidades dos alunos”.

A conversa rendeu frutos e hoje Vanderlei cede o seu tempo e se disponibiliza duas vezes por semana a prestar trabalho voluntário. Nos dias que está na entidade, o major aposentado conversa com os alunos sobre temas que fazem parte do cotidiano deles. Muitos destes assuntos são sugeridos pelos próprios alunos. Entre eles, estão comportamento, convivência na família e com amigos, drogas, entre outros. As conversas duram aproximadamente 45 minutos seguidas de dinâmicas em grupo que têm o objetivo de estimular o trabalho em equipe.

Rosa atuou 28 anos na Brigada Militar e nesse tempo trabalhou em várias cidades do Estado, onde conheceu diversas realidades. Através de palestras em escolas e até mesmo para empresários, ele busca passar um pouco do que aprendeu em todos estes anos de profissão. “Faço este trabalho de maneira espontânea porque gosto e isso me satisfaz. Se essas crianças puderem seguir minhas orientações para o resto da vida, ou pelo menos parte delas, fico feliz. Meu objetivo nisso tudo é dar uma meta para essas crianças e isso me deixa profundamente realizado. Faço esse trabalho com o maior prazer”, enfatiza.

A diretora da Amam, Ângela Pretto, avalia de forma positiva o trabalho realizado por Vanderlei nesses três meses. “Percebemos que as crianças já começam a ter uma outra visão do mundo e, que se interessam pelos assuntos abordados, pelo fato de fazerem parte do cotidiano deles. Eles gostam tanto das palestras que esperam ansiosamente pela terça-feira”.

Os interessados em conhecer e até mesmo se tornar um membro da Parceiros Voluntários, podem entrar em contato com a Acisam pelo telefone 3716-1754 ou pelo e-mail pv@acisam.com.br com Jaqueline.

Por daiane