Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 24 de Outubro de 2014

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Apartes

Definição da nova fábrica da Fruki

20 de abril de 2012 às 8h57

O diretor-presidente Nelson Eggers da Bebidas Fruki deve anunciar somente a partir de setembro o nome do município que vai abrigar a nova fábrica que vai produzir chás, suco e energéticos. Atualmente a Fruki é a maior fábrica regional de refrigerantes no RS, com 12% no mercado de refri; 15% em água mineral e 35% no de reposição energética.

Desde que a empresa anunciou a intenção de construir mais uma unidade, recebeu 30 propostas de municípios, disputando os investimentos em torno de R$ 60 milhões. Os municípios de Fontoura Xavier e Paverama estão entre os candidatos mais fortes. Ambos ofereceram 20 hectares de terra, energia elétrica e água.

A Bebidas Fruki teve sua origem no bairro Bela Vista em Arroio do Meio com a família Kirst. Na década de 1960, foi em busca de expansão. Com a construção da BR 386, comprou área em Lajeado, para onde se transferiu em 1971.

PDT e PP continuam juntos

Apesar das especulações das últimas semanas que incluíram encontros entre PDT e PMDB (pelo menos de alguns líderes), PDT e PP selaram acordo em almoço ocorrido na última segunda-feira, mantendo a coligação que vem desde as eleições de 2008, quando o PDT foi cabeça de chapa com Paulo Backes e vice Vanderlei Majolo (PP). Para as eleições de outubro o pré-candidato a prefeito é Danilo Bruxel (PP) que havia sido eleito em 2000 e reeleito em 2004. O PDT deverá indicar o vice e o nome de consenso é do vereador Delmar Kuhn, que ainda resiste a aceitar por questões particulares. De poucas palavras, em seus quatro mandatos como vereador, Delmar Kuhn foi o vereador mais votado nas últimas eleições com 636 votos. Se ele não aceitar, o segundo nome mais indicado é do vereador Darci Hergessel. Aparecem ainda, como nomes citados, Paulo Alécio Weizenmann e Aloísio Schwarzer.

Oposição na Câmara - Durante os quatro anos da administração Sidnei e Klaus (PMDB), a bancada PP e PDT foi maioria, com cinco vereadores, e se manteve unida, mas não chegou a fazer uma oposição mais contundente na discussão e votação dos projetos. Mas para manter a coligação os cinco vereadores influenciaram na decisão.

DEM e PTB

O presidente do PMDB, Klaus Werner Schnack, disse esta semana que entre os partidos de menor expressão DEM e PTB estão fechados para as eleições de outubro com o PMDB. Em relação ao nome do prefeito Sidnei Eckert para concorrer à reeleição também há um consenso, uma vez que a administração PMDB com participação do PT, segundo Klaus, vive bom momento.

Apoio dos tucanos

Como os aliados PP e PDT tiveram nas últimas eleições o apoio do PSDB, o presidente do PP, Gustavo Kasper, disse esta semana que continuam as tratativas para continuar contando com o apoio dos tucanos.

Corrida eleitoral

Partidos e candidatos têm pouco mais de dois meses para realizarem suas convenções que vão divulgar alianças e as nominatas de quem vai concorrer a prefeitos, vice, e vereadores. Uma das dificuldades será encontrar mulheres dispostas a concorrer. Pela lei, cada partido ou coligação deve destinar 30% das vagas para minorias, no caso para candidatas do sexo feminino. Se o partido ou coligação não consegue fechar perde as vagas. Muitos partidos têm indicado nomes, que não têm expressão e que acabam somando poucos votos, só para preencher as vagas de direito legal. Apesar do interesse feminino ser menor na participação do processo eleitoral, entre os eleitores o número de mulheres é quase igual ao dos homens. Na 104ª Zona Eleitoral, que compreende os municípios de Arroio do Meio, Nova Bréscia, Capitão, Coqueiro Baixo, Travesseiro e Pouso Novo, os homens somam 12.800 eleitores e as mulheres, 12.648, cento e cinquenta e dois menos.

Por daiane