Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 20 de Junho de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Polícia

Suspeita de latrocínio é procurada pela polícia

, 12 de março de 2012 às 17h02

Está foragida a principal suspeita do latrocínio ocorrido na madrugada de hoje, Hotel Colonial, mais conhecido como Casarão, situado na rua Maurício Cardoso, Centro de Arroio do Meio. Um homem foi morto e uma mulher internou no hospital após serem alvejados a disparos de revólver calibre 38. A perícia deixou o local a poucos instantes, e o corpo de Jerri Luís Morari 39 anos, natural de Linha São Miguel, foi encaminhado ao IML. Após deve ser transladado à localidade natal, onde será sepultado amanhã de manhã.

Por volta das 2h30min, a Brigada Militar realizava patrulhamento de rotina nas proximidades do estabelecimento quando os policiais depararam com Selsi Kolberg, 44 anos, ferida e pedindo por socorro. Ela trabalhava no Casarão e foi baleada no rosto dentro do estabelecimento. Os BMs levaram a vítima ao Hospital São José, onde ela afirmou que foi assaltada por outra mulher, que roubou R$ 800. Em seguida, Selsi Kolberg foi transferida em estado grave ao pronto socorro do Hospital Bruno Born de Lajeado.

Quando a BM voltou ao local, encontrou Jerri morto com um tiro na cabeça. A vítima trabalhava em Arroio do Meio há pelo menos dois anos como servente de pedreiro e há mais de um ano, durante o período da noite, auxiliava na copa do estabelecimento onde morava de aluguel.

Informações extra-oficiais dão conta de que antes do crime a suspeita, teria passado em outras boates à procura de Selsi, por causa de uma rixa. Jerri teria sido atingido ao ir ver o tumulto que estava acontecendo.

 

Por Jaqueline Manica