Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 02 de Junho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Cotidiano da mulher é tema de palestra

, 9 de março de 2012 às 14h17

O Dia Internacional da Mulher não passou em branco entre a ala feminina do PT arroio-meense. Para marcar a data foi realizada na noite de terça-feira, na Confeitaria Oriente, uma palestra com o médico pediatra e vereador pelo PT em Lajeado, Sérgio Kniphoff, que falou sobre o cotidiano feminino na atualidade.

Na abertura dos trabalhos, falaram Eluise Hammes e Áurio Scherer. Ambos destacaram a importância de celebrar a data, símbolo da luta que a classe teve para conquistar seu espaço na sociedade. Scherer lembrou das conquistas no meio rural propiciadas pela luta das mulheres, como a aposentadoria integral para homens e mulheres, o salário maternidade, entre outros. Também falou do atual momento que o Brasil vive. “É um momento histórico importantíssimo. As mulheres estão dando exemplo ao mundo. A nossa presidente Dilma é a primeira mulher a dirigir a nação e o faz com maestria”, afirmou.

Ao iniciar sua palestra, o médico disse que no seu trabalho o contato com o universo feminino é constante. Praticamente todas as crianças vão ao consultório levadas pela mãe. Como o dia a dia das mulheres não é dos mais fáceis, se dividem entre trabalho, casa, filhos e marido, sobra pouco tempo para cuidar dela própria. Ressaltou que é importante a participação masculina nas tarefas domésticas, a fim de que sobre mais tempo para a mulher e esta não fique sobrecarregada.

Pílula – Para Kniphoff, o grande salto das mulheres se deu na década de 1960, com a pílula anticoncepcional. “Até então a mulher tinha que ter um controle muito grande para não ter um filho por ano. A pílula, além de possibilitar a entrada no mercado de trabalho, libertou a mulher para sentir prazer”.

Doenças – O médico também falou de como a prevenção a doenças, como o cólo de útero e mama, ganhou espaço e se tornou rotina para as mulheres. No entanto, declarou que cresce o número de mulheres portadoras do vírus da Aids e que é preciso ensinar os adolescentes como se prevenir.

Indústria da beleza – Um dos pontos que Kniphoff apontou como causadores de depressão nas mulheres é a indústria da beleza. “A indústria da beleza vem de forma avassaladora sobre a mulher, que tem necessidade de autoafirmação. Temos que saber envelhecer, é natural para todo mundo. As rugas fazem parte do ciclo da vida, temos que lidar de forma harmônica com isso”.

Maternidade – No início e no final da conversa, o médico falou sobre a maternidade, a qual considera algo mágico na vida das mulheres. “É uma magia que nós homens jamais vamos compreender. Todos nós estamos aqui em função da magia da maternidade. Um dia eu estive dentro de um útero. Nenhum ser humano deve esquecer isso. Precisei daquele útero por nove meses para ser quem sou, depois fui amamentado. Isso me dá respeito pela vida. Não podemos nos afastar disso”.

Ao final da palestra foi servido um coquetel aos presentes.

 

Por daiane