Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 04 de Agosto de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Agricultura

Suinocultores conseguem bloquear bens da Doux Frangosul

, 4 de fevereiro de 2012 às 11h00

Após mais de três anos de diálogo com a empresa, produtores ingressaram com ações judiciais e obtiveram liminar que assegura o bloqueio de matrizes em garantia da dívida.

A angústia vivida pelos suinocultores da Doux Frangosul tem alívio. Após o não cumprimento de mais um calendário de pagamentos por parte da empresa, um grupo de 13 produtores de várias regiões do RS, inclusive de Capitão, ingressou com ações judiciais (cautelares) e obteve decisão favorável.

Segundo os advogados dos sui¬nocultores, Evandro Muliterno de Quadros e Diego Girelli, de Lajeado, no Vale do Taquari, “as ações cautelares que foram impetradas, individualmente, por cada um desses 13 proprietários de Unida-des Produtoras de Leitões (UPLs), visam assegurar o crédito deles, mediante a indisponibilidade das matrizes suínas, as quais estão nas suas granjas e pertencem à empresa. O grupo soma 17 mil matrizes, cerca de 60% de todo o plantel da integradora. Com isso, os produtores têm a garantia de uma negociação com a empresa nos próximos 30 dias, antes de ingressar com a ação principal, caso a negociação não ocorra”.

O montante das dívidas acumuladas pelo grupo de produto¬res, segundo cálculos efetuados, supera os dois milhões de reais. A decisão foi proferida dia 27 de janeiro, na 1ª e 2ª Vara Judicial da Comarca de Montenegro.

Para o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), Valdecir Luis Folador, os produtores foram praticamente obrigados a adotar essa medida, pois o diálogo com a empresa já dura três anos e, até o presente momento, não houve qualquer solução para o caso. Além disso, as dívidas acumuladas no período, em virtude dos constantes atrasos, têm causado vários problemas para os produtores.

A Acsurs vem acompanhando o caso e recebendo diversas reclamações dos produtores sobre as condutas da empresa desde o final de 2008. Desde então, a entidade realizou diversas reuniões com os produtores, buscando alternativas para o caso, sempre estabelecendo um diálogo franco e direto com a empresa, mostrando a realidade dos produtores, juntamente com a Fetag/RS e seu presidente, Elton Weber.

 

Por daiane