Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 30 de Setembro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Educação

Comunidade escolar reforça a necessidade de aquisição de terreno

, 10 de fevereiro de 2012 às 7h50

A secretária de Educação e Cultura, Eluise Hammes, esteve na última semana visitando as dependências da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Bela Vista, onde, junto com a diretora Glaci Maria Träsel, vice Maria Luiza Jantsch Lazzari, e vice-presidente do Círculo de Pais e Mestres (CPM), Elisteu da Silva, analisaram o terreno localizado nos fundos da escola, o qual possibilitaria futura ampliação da infraestrutura do educandário.

Segundo a diretora Glaci, a aquisição do terreno é uma antiga reivindicação de toda comunidade escolar. Ela ressalta a necessidade como forma de possibilitar a ampliação do espaço físico, tendo em vista que a escola tem mais de 370 alunos matriculados, e ainda oportuniza educação integral para alunos de 1º a 5º ano, através do Programa Mais Educação, mantendo estes alunos o dia inteiro no educandário. “Além da escola, a comunidade da Bela Vista abriu seus espaços para a viabilização deste projeto, que fez com que a circulação de alunos na escola aumentasse”, salienta Glaci. A diretora ainda reforça a importância da aquisição, alegando que o espaço livre da escola é limitado, sendo que o pátio é utilizado simultaneamente para recreio, Educação Física e outras atividades pedagógicas diversificadas, restringindo e limitando o trabalho do professor. “Este terreno também seria importante para a comunidade, que nos seus eventos poderia utilizá-lo como estacionamento, já que o trânsito é de intenso fluxo de veículos no nosso bairro”, salienta.

O CPM reforça que a comunidade e a escola estão de acordo com a necessidade e a importância da aquisição da área. “A ampliação da escola é um desejo antigo da nossa escola e comunidade, e poderá ser concretizada pelo trabalho representativo dos pais, comunidade, direção da escola, CPM e Executivo municipal”, diz o presidente do CPM, Carlos Alberto Hampel.

Por Jaqueline Manica

Secretária de Educação e Cultura, diretora e vice da Emef Bela Vista e representante do CPM analisam terreno localizado nos fundos da escola, que possibilitaria a ampliação