Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 20 de Agosto de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Agricultura

Propriedades certificadas

15 de dezembro de 2011 às 15h02

Deverá ocorrer na próxima terça-feira a entrega dos certificados de propriedades livres da tuberculose e brucelose para aproximadamente 300 produtores de leite do município de Travesseiro.

Esse ato faz parte do projeto piloto desenvolvido pela Comarca de Arroio do Meio, com vistas ao controle e erradicação das doenças nos rebanhos leiteiros, implantado na região a partir de 2009.

O município de Travesseiro conta com cerca de 400 propriedades rurais que têm a atividade de produção de leite, todas elas integradas ao projeto coletivo, tendo cumprido todas as etapas inerentes às fases de aplicação dos testes e as respectivas avaliações.

Impressiona esse número de certificados que serão entregues, pois esse fato significa que em torno de 80% dos estabelecimentos agropecuários têm a garantia de uma sanidade controlada, habilitando-as a receberem um tratamento diferenciado, no que se refere à remuneração de sua produção vendida às indústrias.

Tudo indica que em breve os demais produtores de leite dos seis municípios, participantes do projeto, que ainda não obtiveram os certificados deverão tê-los podendo, a partir de então, ser considerados e tratados com distinção, com repercussão ou resultados econômicos, de forma a compensar os investimentos e o esforço empreendido para qualificar e valorizar a sua atividade.

Estiagem reduz produção

Em se tratando da atividade de produção de leite, cabe o registro da queda no volume produzido pela escassez de água, em decorrência da falta de chuvas, e, consequentemente a dificuldade que os produtores têm para alimentar os animais.

Comenta-se que de uma forma geral há uma queda de cerca de 30% ou mais na produção de leite, contabilizando-se prejuízos financeiros significativos para milhares de pequenos produtores rurais, que têm na venda do leite uma fonte de renda mensal indispensável para a manutenção da propriedade.

Comenta-se na região que vários municípios estão verificando a possibilidade de adoção de medidas de apoio ao setor agropecuário, através da decretação de situação de emergência e a partir desta iniciativa o encaminhamento de pleitos à Defesa Civil do Estado e da União, no intento de obtenção de recursos financeiros para a aquisição de sementes ou outros insumos para a alimentação dos animais.

Felizmente tivemos algumas precipitações de chuvas nesta semana, amenizando um pouco a agonia dos produtores rurais, fazendo renascer uma certa crença de que parte das lavouras, especialmente de milho, ainda podem recuperar-se e proporcionar resultados razoáveis.

Sucesso da Expo Marques

Inúmeros comentários seguem ao evento do último final de semana no município vizinho, Marques de Souza. Conforme previsto, as demonstrações relativas à cadeia de produção de leite mereceram a atenção dos visitantes e milhares de pessoas passaram pelo galpão de exposição de animais e equipamentos, bem como as áreas de lavouras demonstrativas.

Como vinha anunciando anteriormente, foi uma oportunidade de, principalmente, os pequenos produtores apreciarem as demonstrações de plantio de pasto, em distintas variedades. As iniciativas foram válidas, como foram oportunas todas as visitas registradas.

Por daiane