Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Setembro de 2020

O Alto Taquari - Esportes

Jornal da Semana
Dupla Grenal

Grêmio vence e confirma segunda melhor campanha do returno

Atlético-PR vence Inter em Curitiba. No Olímpico, Grêmio vence Cruzeiro e avança na tabela

, 3 de outubro de 2011 às 9h29

O tricolor recebeu em casa a equipe do Cruzeiro, que luta para se distanciar da zona do rebaixamento. E parece que o Olímpico realmente dá sorte para o Grêmio. O resultado começou a ser construído cedo. Logo aos quatro minutos da etapa inicial, Rafael Marques marcou 1 x 0 para o Grêmio. Os gaúchos tiveram total domínio no primeiro tempo e Douglas quase marcou o segundo.

Na segunda etapa, a equipe de Roth continuou se impondo. Logo aos quatro minutos, Escudero recebeu passe de Marquinhos, dominou dentro da área e de pé esquerdo marcou o segundo gol tricolor. O ataque cruzeirense passou totalmente despercebido no jogo, não fosse um chute de Montillo, defendido por Victor. A vitória levou o Grêmio para a 12ª posição com 36 pontos. Na quarta-feira, também no Olímpico, os gaúchos enfrentam o Santos, às 20h30min, jogo válido pela 11ª rodada.

Mais longe da Libertadores

Pressionado pela torcida para sair da zona do rebaixamento, o Atlético-PR fez a sua parte no jogo realizado ontem, na Arena da Baixada, em Curitiba. A equipe paranaense venceu o Inter por 2 x 0, deixando os gaúchos estacionados na 7ª posição. A partida foi de baixo nível técnico, tanto que no primeiro tempo o colorado teve apenas duas boas chances de gol, uma com Ricardo Goulart e a outra com Fabrício. Por outro lado o Atlético-PR teve gol de Guerrón, anulado por impedimento.

Aos sete minutos do segundo tempo, Jô invadiu a área e fez o gol, porém, o auxiliar baiano Alessandro de Matos, anulou o gol. Aos 14 minutos, Marcinho cruzou para Nieto marcar de cabeça para os paranaenses: 1 x 0. Com a derrota parcial o Inter buscou o empate, porém, sem sucesso. Enquanto isso, o Atlético-PR se aproveitava da fragilidade da defesa colorada e aos 38 minutos, Nieto marcou o segundo: 2 x 0. O Inter não teve forças para reagir e perdeu a chance de se aproximar da zona da Libertadores.

Por Jaqueline Manica