Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Setembro de 2019

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Culinária

A história da gastronomia no Brasil

, 25 de setembro de 2011 às 11h50

por Sérgio Rabaiolli Júnior, Chef do Restaurante Planeta Terra

Descobrimento do Brasil

“Deram-lhes ali de comer; pão e peixe cozido, confeitos fárteis, mel e figos passados. Não quiseram comer quase nada daquilo; se alguma coisa provavam, logo a lançavam fora. Trouxeram-lhes vinho numa taça; mal lhe puseram a boca; não gostaram de nada, nem quiseram mais. Trouxeram-lhes água numa albarrada. Não beberam. Mal a tomaram na boca, que lavavam, e logo a lançavam fora”.

Foi assim que Pero Vaz de Caminha, escrivão da expedição de Cabral, descreveu, na carta enviada ao rei de Portugal, o primeiro contato do índio brasileiro com a comida europeia, ocorrido na embarcação do capitão Pedro Álvares Cabral, em 24 de abril de 1500.

Dias depois desse primeiro contato, Caminha já registrava que os índios tinham comido e bebido muito bem tudo o que os portugue¬ses lhes haviam oferecido.

O alimento chamado pelos portugueses de inhame não era pro¬priamente o inhame. Tratava-se, na verdade, da mandioca, confundi¬da com o inhame devido à semelhança de suas raízes.

A farinha era indispensável ao índio brasileiro. Sem farinha não havia alimentação, ainda que houvesse outra coisa para comer.

Com a farinha de mandioca e um caldo gordo, os índios faziam o pirão escaldado, antes mesmo do Brasil ser descoberto.

Cozido com pirão

Ingredientes:

  • 1 kg de carne de peito (granito ou agulha)
  • 1 kg linguiça fresca
  • 1 batata-doce
  • 1 fatia de moranga cabotiá
  • 1 raiz de aipim
  • 1 batata-inglesa
  • 1 cenoura
  • 1 espiga de milho
  • 1 chuchu
  • 1 nabo
  • 1 pimentão
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 1 cebola
  • 1 pedaço de repolho
  • 1 dente de alho
  • Tempero verde
  • Farinha de mandioca e sal

Modo de preparo: em uma panela grande, coloque a carne cortada em pedaços regulares, a linguiça em rodelas, a cebola, a pimenta e o pimentão cortados ao meio. Acrescente bastante água, uma colher de sopa de sal e deixe ferver por 15 minutos. Com uma escumadeira, retire a espuma que se formará na superfície. Coloque então a cenoura, o milho verde e o aipim, tudo cortado em pedaços grandes. Deixe fervendo por mais 10 minutos. Acrescente o restante dos ingredientes, colocando o repolho desfolhado por último. Confira o sal. Retire as carnes e os demais ingredientes que ficarem prontos “al dente” e os arrume em uma travessa. Quando tudo estiver pronto, cubra os ingredientes com o tempero verde picado e um pouco do caldo fervendo. Com a outra parte do caldo, faça um pirão, juntando tempero verde e a farinha de mandioca aos poucos, mexendo por 2 ou 3 minutos, obtendo um pirão mole, que deverá ser servido separadamente.

 

Por Jaqueline Manica