Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 01 de Outubro de 2020

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Comportamento

As crianças e a divisão dos brinquedos

O seu filho não sabe dividir? Não fique preocupado, pois esse comportamento é muito comum até os três anos de idade

, 9 de agosto de 2011 às 10h41

O segredo é ter calma e compreender que crianças, quando muito pequenas, são extremamente egocêntricas, ou seja, acham que tudo pertence a elas e possuem grande dificuldade de dividir o que é seu. A explicação é da psicóloga Cláudia Sbaraini. De acordo com ela, essa sensação se reflete nos relacionamentos da criança com os pais, na competição com irmãos e também em seus brinquedos – a criança incorpora tudo como se fosse seu. No entanto, tal comportamento é mais preponderante antes dos três anos, depois dessa idade, espera-se que ela possua uma compreensão maior de que o mundo que está ao seu redor não é exclusivamente seu. “A partir dos três anos a criança já possui estrutura emocional para uma maior socialização e consequentemente maior capacidade para compreender que as pessoas não estão inteiramente à sua disposição e que em alguns momentos precisará dividir algumas coisas que ela pensa que lhe pertencem, como brinquedos coletivos, lugares na escola e até a atenção dos pais”, completa.

 

Por Jaqueline Manica

Psicóloga afirma que pais que têm como hábito praticar atividades solidárias e não exercem um apego excessivo sobre seus bens materiais terão muito mais facilidade em desenvolver tais atitudes em seus filhos