Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 07 de Junho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Especial

Homenagem aos avós

A diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental São Caetano, Andréa Barth, fez uma poesia em homenagem aos avós, cujo dia é comemorado em 26 de julho

, 25 de julho de 2011 às 10h47

No dia 26 de julho comemora-se o Dia dos Avós. Esse dia foi escolhido para a comemoração porque é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Conta a história que Ana e seu marido, Joaquim, viviam em Nazaré e não tinham filhos, mas sempre rezavam pedindo que o Senhor lhes enviasse uma criança. Apesar da idade avançada do casal, um anjo do Senhor apareceu e comunicou que Ana estava grávida, e eles tiveram a graça de ter uma menina abençoada a quem batizaram de Maria. Santa Ana morreu quando a menina tinha apenas três anos. Devido a sua história, Santa Ana é considerada a padroeira das mulheres grávidas e dos que desejam ter filhos. Maria cresceu conhecendo e amando a Deus e foi por Ele a escolhida para ser Mãe de Seu Filho. São Joaquim e Santa Ana são os padroeiros dos avós.

A professora Andréa Susana Lange Barth, diretora da Escola São Caetano fez uma poesia em homenagem aos avós. Confira:

AVÓS

São pais com açúcar

Porto seguro

Casa com cheirinho de bolo e guloseimas

Receitas gostosas e milagrosas

Avós são exemplos

Avós são espelhos

São baús de lembranças

Sinônimo de colo macio e acolhedor

Abraço apertado

Enxugam o pranto com beijos afáveis

Sofá com pipoca e muita história

Sinônimo de paciência

De razão e experiência

Sinônimo de tempo para ouvir e brincar

De fé, firmeza e honestidade

De vontade de viver

De tempo para mimar

É roda com sábios conselhos

E quanto razão eles têm

São oásis de segurança

As rugas e os cabelos brancos

São marcas do tempo vivido

Das memórias, do trabalho

Avós fazem todas as vontades

Sem pedir nada em troca

São aconchego e dengo

Estão na melhor idade

Dançam, cantam, bordam e viajam

São ternura, atenção e amor

Seu remedinho para dor

É um pouco de carinho

E família reunida

Mãos trêmulas e abençoadas que transmitem segurança

Mãos que colhem e ainda semeiam

Ombros cansados, mas que sempre apóiam

Passos lentos, porém cheios de sabedoria

Avós que cuidam e protegem

Avós que são cuidados e protegidos

Avós são fruto da mais bela obra de Deus

Que Deus abençoe todos os avós

Com muita saúde e vida

E nós de pé aplaudimos todos os avós

Avós queridos hoje e sempre.

Professora Andréa Susana Lange Barth

andrealbarth@bol.com.br

Por Jaqueline Manica