Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 21 de Julho de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Dança sênior leva descontração e alegria para a terceira idade

Projeto executado por Noely Brauwers foi lançado no início da semana no Lar Bom Pastor. Dança Sênior visa proporcionar descontração e entretenimento para idosos que não podem frequentar festas e bailes

, 22 de julho de 2011 às 14h02

Os internos do Lar Bom Pastor (Amai) tiveram uma tarde diferente na última segunda-feira, quando ocorreu o lançamento do Projeto de Dança Sênior nas dependências da associação.

O projeto idealizado pela Administração Municipal através do Conselho Municipal do Idoso (CMI) e executado pela secretária do conselho, Noely Brauwers, visa proporcionar descontração e entretenimento saudáveis para os idosos que não podem frequentar festas e bailes em função de debilitações causadas pela idade ou outros fatores. Segundo a coordenadora dos grupos de idosos do município, Jussara Wilssmann, a ideia é levar mensalmente a dança até os 20 grupos de terceira idade do município, assim como para o Lar Bom Pastor.

Jussara destaca que o cuidado com a terceira idade é uma das grandes preocupações do prefeito Sidnei Eckert e cita outros projetos que foram e vêm sendo executados visando o bem-estar dos idosos do município. “Além dos tradicionais bailes e almoços, incentivamos a leitura e inclusão digital na terceira idade, promovemos palestras de prevenção a acidentes, Conferência Municipal do Idoso e outras frentes em prol destes que já trabalharam tanto pelo município”, ressalta Jussara.

A orientadora das danças, Noely Brauwers, qualificou-se em maio deste ano na Casa Matriz da Escola Sinodal de São Leopoldo para repassar os conhecimentos e a prática da dança sênior aos idosos. Antes disso, em 1997, a voluntária já havia feito outra qualificação na mesma escola, onde aprendera diversas práticas de cuidados com a terceira idade.

A Dança Sênior

A Dança Sênior constitui-se de um conjunto sistematizado de coreografias baseado em danças folclóricas de diversos povos, especialmente adaptadas às possibilidades e necessidades da pessoa idosa. É uma atividade grupal, de baixo impacto, curta duração e não utilização de esforços intensos. A prática foi criada em 1971, na Alemanha, por Ilse Tutt, coreógrafa e psicopedagoga social, juntamente com um grupo de psicopedagogos sociais, para a ocupação do tempo livre e estimulação da população idosa daquele país.

Benefícios da Dança Sênior

O aprendizado das coreografias trabalha a atenção, concentração, percepção, lateralidade, ritmo, memória recente, orientação espacial, estimulando diversas habilidades psicomotoras e cognitivas, além de promover um trabalho motor com progressivo condicionamento físico associado à sensação de satisfação física e emocional. Além disso, o trabalho realizado em grupo é cooperativo, possibilitando maior entrosamento, socialização e o enriquecimento das relações interpessoais.

Por Jaqueline Manica